sábado, 5 de dezembro de 2009

Proposta Curricular do Estado e os rumos da educação

Falar de educação pública no país é muito problemático visto os diversos desencontros e já há muito tempo, não somente no ensino fundamental e médio, mas no ensino superior e nesse caso. há muitas abordagens a serem feitas, a difusão de cursos de péssima qualidade, a falta de interesse do alunos, a desmotivação dos professores, o sistema que não funciona corretamente e sempre cheio de burocracias ridículas, enfim, um contingente de absurdos que detonam a educação no país, sem falar que não há vagas para todos e então o problema é maior, pois os Estados e a Unidade Federativa não oferecem condições para que todos possam frequentar desde as bases da educação até o ensino superior.

Partindo desse pressuposto, a realidade que temos no país é de que o ensino público está abandonado, pelo menos no que diz respeito ao ensino fundamental e médio, fato esse que não ocorre com o ensino superior, onde as universidades públicas oferecem ensino de qualidade e as privadas, a salvo uma ou outra, oferecem o suficiente para se manterem com as portas abertas. Este fato fica comprovado quando analizamos o perfil dos estudantes que estão ocupando vagas públicas espalhadas pelo país, onde a maioria esmagadora é proveniente das escolas particulares tidas como excelência no ensino e que fazem de modo a colocar seus alunos nas cadeiras das universidades públicas estando nesse sistema durante toda a vida. Mas os alunos ao se decidirem pelo ensino superior acabam por escolher as federais e estaduais, grandes celeiros do conhecimento. É uma inversão de valores, o ensino básico e médio oferecido pelos Estados não oferecem condições de colocar seus alunos em uma vaga na própria universidade pública diferente dos alunos provenientes de escolas particulares e que são oriundos das camadas médias e altas da sociedade.

É a partir da situação da educação no país, mais especificamente falando de São Paulo, que surgem diversos meios de com o princípio de estreitar o ensino, entre eles a Proposta Curricular das mais diversas matérias e a utilização apostila com conteúdos e exercícios fornecidos bimestralmente e aplicados tanto aos professores quanto aos alunos, conjunto esse destinado a uniformizar, dar base ao ensino na educação pública do Estado de Sao Paulo. A proposta curricular organiza o ensino de cada matéria , as formas de ensinar os conteúdos e por série. Em geografia os enfoques se referem a uma discussão bem ampla dos assuntos da sociedade, as transformações espaciais, os problemas ambientais e urbanos, entre outros.

veja a previsão de sua cidade

NASA imagem do dia

World